sabor da cidade

RECEITAS
bolos
doces
salgados
lanches
molhos
churrasco
saladas
vegetarianas
peixes
sorvete
bebidas
minha receita

 
 
NOTÍCIAS


 
  

    HOME>>EDITORIAS>> NOTÍCIAS
Diversão sem idade
Idosos viajam mais, principalmente na baixa temporada
Idosos viajam mais, principalmente na baixa temporada
Casal de idosos em viagem a Maceió


04/03/2015  

O público da terceira idade está disposto a conhecer o Brasil. De acordo com o Ministério do Turismo (MTur), viajantes com mais de 60 anos fizeram pelo menos 18 milhões de viagens no ano passado, um aumento de 11% nos últimos quatro anos.
A presença cada vez maior desse público em hotéis, restaurantes e pontos turísticos tem mudado a estratégia de venda das agências de viagem, a forma de receber os turistas e impulsiona a visitação em destinos com vocação para a atender a terceira idade.
Prova disso é que os idosos já respondem por 15% da carteira de clientes das agências de viagem. Os gostos variam muito e são bem ecléticos, como roteiros culturais, de praia e de compra, de acordo com a Associação Brasileira das Agências de Viagens.
Ao contrário dos mais jovens, os turistas mais experientes costumam ter disponibilidade para viajar em períodos de baixa ocupação e a maioria (70%) tem independência financeira, de acordo com o Banco Mundial.

Mercado se adapta aos idosos


O mercado, ao que parece, já se adaptou aos viajantes mais velhos. A empresária Ana Faria, de São Paulo, se especializou em vender pacotes de viagem para a terceira idade. “Preparei catálogos bem completos, já que boa parte dos meus clientes gostam de manusear o material de divulgação”, afirmou.
A agência oferece guias treinados para lidar com esse público e atentos a tudo aquilo que é importante nessa faixa etária: meios de hospedagem adaptados, transporte de qualidade e assistência 24 horas.
Ser bem tratado, aliás, é o que faz o engenheiro aposentado Aparício Mattos Rocha, de 77 anos, repetir os meios de hospedagem. Ele faz cerca de cinco viagens por ano, de norte a sul do País. Todas de carro. A maioria, para visitar parentes.
“Gosto de conhecer os lugares do trajeto, vou parando aqui e ali, de modo que o deslocamento é também uma grande atração”, disse. E continua: “Como sou dono do meu tempo consigo evitar os períodos mais cheios e ter só a parte boa da viagem, sem pagar caro pelo passeio e sem o estresse do trânsito”, afirmou Rocha.
De acordo com o boletim mensal que mede a intenção de viagem do brasileiro, realizado pelo Ministério do Turismo, boa parte dos idosos (32%) está disposta a arrumar as malas pelos próximos seis meses. Entre o público que têm até 35 anos, a intenção de viajar se reduz a 22% pelos próximos seis meses.
“São viajantes com disposição, tempo e recursos para investir”, afirma o ministro do Turismo, Vinicius Lages. Os idosos já representam 20% do poder de compra do País, de acordo com o Banco Mundial. A estimativa é de que, em 10 anos sejam 16% da população brasileira, número que pode dobrar até 2060, segundo o IBGE.


Fonte - Ministério do Turismo

Foto - Governo de Alagoas/Divulgação

 
 

 

 Receitas Similares:


MAIS ACESSADAS
Lata do Leite Moça muda 16 vezes desde 1921
Burger King lança Rebel Whopper, seu novo lanche vegetariano
Sodiê dá desconto no bolo Gelado de Abacaxi em outubro
Hoje é dia do pão de queijo, delícia a qualquer hora
Entrevero no arado fica delicioso
18 de maio é o Dia Nacional da Coxinha. Veja receita desta delícia
Árvores frutíferas podem ser cultivadas até em apartamentos
Cuidado com as calorias do prato feito
Dia Mundial da Água, domingo (22/3), chama a atenção para uso consciente
Que tal uma coxinha com o osso da coxa do frango?
Kibon lança a linha Seleções Gelato em quatro sabores
Vinho também combina com chocolate. Veja dicas
Governo paulista e Nestlé fazem parceria para embalagens sustentáveis e agronegócio

SABOR DA CIDADE

Contato
Telefone (15) 9-9113-2823
Email: redacao@sabordacidade.com.br

  


icone
REDES SOCIAIS
FACEBOOK