sabor da cidade
sabor da cidade

RECEITAS
bolos
doces
salgados
lanches
molhos
churrasco
saladas
vegetarianas
peixes
bebidas
minha receita

 
 
NOTÍCIAS


 
Visite Sabor da Cidade
no Google+
  
Veja dicas
Dias quentes exigem mais cuidados para conservar e manipular alimentos

20/01/2015  

Nestes dias de forte calor, os cuidados com a alimentação e principalmente com a conservação e manipulação dos alimentos devem ser redobrados. Com as altas temperaturas – beirando os 40º C nas últimas semanas em Sorocaba – os alimentos se aquecem muito mais rapidamente e sua velocidade de deterioração se acelera, o que pode ser prejudicial à saúde. Por isso, a Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES), por meio da Divisão de Vigilância Sanitária (Visa) da Área de Vigilância em Saúde, dá dicas e orientações para evitar intoxicações e outras doenças causadas por ingestão de alimentos contaminados.
“Especialmente no calor, os cuidados com os alimentos devem ser redobrados. É preciso prestar atenção com o acondicionamento adequado, temperatura recomendada etc. O ideal é consumir os alimentos logo após o preparo para não estragarem. Se houver sobra de alimentos em alguma refeição, eles devem ser guardados sob refrigeração e totalmente reaquecidos para serem consumidos novamente”, orienta a bióloga Marilyn Castelani de Araújo, da Visa.
Marilyn explica que os principais fatores que contribuem para ocorrência de contaminações dos alimentos, implicando também perdas dos mesmos, são os seguintes: processamento térmico insuficiente, resfriamento e/ou reaquecimento inadequado, preparo de grandes volumes de alimentos e com antecedência, uso de matérias-primas contaminadas, alimentos vegetais crus mal lavados, aproveitamento de sobras, limpeza insatisfatória de equipamentos e/ou utensílios, estocagem do alimento pronto em temperatura ambiente, armazenamento inadequado (exemplo: junto com produtos de limpeza), e o manuseio.
Dicas
Juliana Dias Mome Taver, também bióloga da Visa, lembra que existem alguns cuidados indispensáveis ao escolher, adquirir ou consumir os alimentos. “Sempre verificar as condições de limpeza e organização do estabelecimento, e conferir se é licenciado pela Vigilância Sanitária. Atentar em relação à procedência dos produtos, as condições de embalagem, bem como o prazo de validade”, diz.
Juliana dá as dicas sobre o que fazer na volta do supermercado, quitanda, padaria ou mercearia, por exemplo. “Ao chegar em casa, retire das sacolas plásticas os produtos a serem armazenados e aloje adequadamente os alimentos na geladeira. Nas prateleiras superiores, os alimentos preparados e prontos para o consumo, nas prateleiras do meio coloque os produtos semiprontos, e nas prateleiras inferiores os alimentos crus. Sempre acondicionar os alimentos protegidos por sacos plásticos próprios para alimentos ou em recipientes com tampa”, explica.

 

Fonte - Silvia Arruda Sajo/Prefeitura de Sorocaba (SP)

 
 


 

 RECEITAS SIMILARES:


MAIS ACESSADAS
Bolo leva arroz no lugar da farinha de trigo e é sem leite
Patê de frango com cenoura é ótimo no lanche de pão de forma
Bife de panela de pressão ao molho madeira é fácil de fazer
Cocada de forno é fácil de fazer e fica deliciosa
Veja como preparar esta deliciosa coxa de peru assada
Veja como preparar uma saborosa batida de frutas
Este pacu pode ser assado no forno ou na churrasqueira
Salada colorida de ervilha fica deliciosa e é bem fácil
Tambaqui fica uma delícia assado e recheado com farofa
Tradicional arroz doce ganha o sabor do leite de coco
 CONFIRA MAIS NA EDITORIA NOTÍCIAS:

Dia de festa
Rio festeja os 450 anos com bolo gigante e shows
Rio faz 450 anos neste domingo (1/3) com festa e bolo gigante. Cidade com povo simpático e receptivo tem pratos típicos, que vão da feijoada aos sofisticados.

Lei mais rígida
Venda de bebida alcoólica a menores de 18 anos vai dar prisão
Foi aprovado pela Câmara dos Deputados projeto de lei do Senado, que tipifica como crime e motiva prisão a venda de bebidas alcoólicas a menor de 18 anos.

Foliões e viagens
Turismo interno no Carnaval movimenta R$ 6,6 bilhões
O Carnaval 2015 beneficiou restaurantes, bares, lanchonetes e hotéis. Turistas brasileiros gastaram R$ 6,6 bilhões. Os números são maiores que os da Copa.

 

SABOR DA CIDADE

Contato
Telefone (15) 9-9113-2823
Email: redacao@sabordacidade.com.br

  


icone
REDES SOCIAIS
FACEBOOK


GOOGLE +