sabor da cidade
sabor da cidade

RECEITAS
bolos
doces
salgados
lanches
molhos
churrasco
saladas
vegetarianas
peixes
bebidas
minha receita

 
 
NOTÍCIAS


 
Visite Sabor da Cidade
no Google+
  
Reaproveitamento
Projeto de reutilização de resíduos de maracujá é premiado

20/10/2014  

Em parceria com a Embrapa Agroindústria de Alimentos e a Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), o empresário Sandro Reis, da Indústria Extrair, desenvolveu um projeto de reaproveitamento de resíduos de maracujá, que venceu o prêmio CREA-RJ de Meio Ambiente.

A premiação busca valorizar ações que preservem o meio ambiente, protejam os recursos naturais e contribuam para o equilíbrio ambiental, gerando qualidade de vida para a população.

A indústria Extrair de produção de óleo de maracujá capta as sementes sujas com restos de cascas, polpa e arilo, nas indústrias de sucos e polpas da fruta, instaladas no Estado do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais. Então, limpa e purifica as sementes por meio de um processo inédito desenvolvido em parceria com a Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF) e Embrapa, que reduz a quantidade de água e energia utilizada, evitando fermentação e deterioração do óleo extraído.

Este óleo produzido é comercializado para indústrias farmacêuticas e cosméticas do Brasil e do exterior. O resíduo resultante do processo é destinado às indústrias cosméticas como esfoliante, evitando, assim, o descarte no ambiente.

"Esse é um prêmio para toda a equipe do projeto Arranjo Produtivo Local do Maracujá, coordenado pelo pesquisador Sérgio Cenci, da Embrapa Agroindústria de Alimentos. A nossa intenção é ampliar o projeto e reaproveitar as sementes das indústrias de produção de sucos e polpa de maracujá de todo o Brasil, para gerar mais emprego e renda, tanto na indústria quanto no campo, e assim reduzir o impacto ambiental da cadeia produtiva", afirma Sandro Reis.

A Extrair já planeja ampliação e automatização de sua linha de produção. Recentemente, aprovou mais um projeto de inovação junto à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) para o aproveitamento do farelo desengordurado da semente, resultante da extração do óleo, gerando um produto de alto valor nutricional para a indústria alimentícia. Esse farelo possui compostos antioxidantes, é rico em proteínas e fibras alimentares, não possui glúten, podendo substituir em até 25% a farinha de trigo na fabricação de bolos, pães e biscoitos integrais.

 

Fonte - Embrapa

 
 


 

 RECEITAS SIMILARES:


MAIS ACESSADAS
Bolo leva arroz no lugar da farinha de trigo e é sem leite
Patê de frango com cenoura é ótimo no lanche de pão de forma
Veja como preparar esta deliciosa coxa de peru assada
Cocada de forno é fácil de fazer e fica deliciosa
Bife de panela de pressão ao molho madeira é fácil de fazer
Este pacu pode ser assado no forno ou na churrasqueira
Rosquinha crocante fica pronta em 20 minutos
Tambaqui fica uma delícia assado e recheado com farofa
Faça suco de salsinha com abacaxi
Prepare este arroz de forno com carne moída e queijo
 CONFIRA MAIS NA EDITORIA NOTÍCIAS:

Com creme de ricota
Polenghi recria receitas como de brigadeiro com menos calorias
Projeto da Polenghi possibilita fazer receitas tradicionais trocando ingredientes mais calóricos pelo creme de ricota light. Um deles é brigadeiro de colher.

Conscientização
Dia Mundial da Água, domingo (22/3), chama a atenção para uso consciente
Impossível imaginar a vida sem a água. Mas ela é um bem que dá mostras de que pode acabar e é necessário o uso com consciência por parte de todos.

Capital de Sergipe
Aracaju festeja 160 anos com forró e homenagem
Aracaju, a capital de Sergipe, completa 160 anos, nesta terça-feira (17/3). Com vasta gastronomia e belas praias, a cidade atrai turistas de todo o mundo.

 

SABOR DA CIDADE

Contato
Telefone (15) 9-9113-2823
Email: redacao@sabordacidade.com.br

  


icone
REDES SOCIAIS
FACEBOOK


GOOGLE +