sabor da cidade

RECEITAS
bolos
doces
salgados
lanches
molhos
churrasco
saladas
vegetarianas
peixes
sorvete
bebidas
minha receita

 
 
NOTÍCIAS


 
  

    HOME>>EDITORIAS>> NOTÍCIAS
Em setembro
Preços dos alimentos sobem menos, mas das bebidas disparam
Preços dos alimentos sobem menos, mas das bebidas disparam
Preços das bebidas subiram 7,04% em setembro


31/10/2014  

Os preços dos alimentos variaram em 0,52% em setembro, avanço menor que o registrado em agosto, quando subiram 0,70%. Com isso, o acumulado em 12 meses atingiu sua menor taxa (- 0,90%), a única negativa da série iniciada em dezembro de 2010. No acumulado no ano, a taxa chegou a - 1,72%, a mesma observada em junho. Os dados mostram que a pressão sobre os alimentos se mantém, resultado da seca e da entressafra, mas pode estar arrefecendo, como era previsto pelos analistas do mercado. Mas os preços das bebidas subiram 7,04%.
Os números são da pesquisa sobre o Índice de Preços ao Produtor (IPP), divulgada nesta sexta-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com o mesmo mês de 2013, o aumento geral nos preços foi de 2,87%, em setembro, contra 2,50% em agosto.
As maiores variações ocorreram em bebidas, avanço de 7,04%, seguido por impressão (2,36%), metalurgia (2,22%) e fumo (1,81%). Em seguida vêm veículos automotores (1,69%) e papel e celulose (1,67%).

Alimentos e bebidas


Entre os oito produtos destacados em termos de variação e de influência neste setor, seis são carnes. O IBGE constatou que, em relação aos preços das carnes (bovinas, suínas e de aves, congeladas ou frescas), há uma oferta relativamente baixa frente a uma demanda estimulada pelas exportações, que afetam particularmente o mercado de suínos.
Numa perspectiva de mais longo prazo, a queda dos preços de resíduos da extração de soja reforçou o movimento dos preços do produto (que influencia negativamente o acumulado em 12 meses desde junho de 2014) e foi a principal influência na taxa negativa do mês (- 0,90%) neste índice. Isso reflete a oferta mundial elevada do produto no período, afirma o IBGE
Ainda de acordo com o instituto, desde 2012 setembro se caracteriza como o mês no qual ocorrem os principais reajustes de preço no setor de bebidas, devido à proximidade do verão. No índice acumulado no ano, o setor de bebidas, que desde o início do ano tinha resultados negativos, apresentou variação positiva de 6,26%. Já no indicador acumulado em 12 meses, a variação de preço foi de 8,59%, próximo aos apresentados nos primeiros meses do ano.
Ainda em relação à variação geral no Índice de Preços ao Produtor (IPP), o avanço foi de 0,94% em setembro na comparação com agosto. Entre julho e agosto, a variação foi de 0,49%.

 

Fonte: Portal Brasil e IBGE

 
 

 

 Receitas Similares:
preços   alimentos   bebidas   notícias   


MAIS ACESSADAS
Hoje é dia do pão de queijo, delícia a qualquer hora
Lata do Leite Moça muda 16 vezes desde 1921
Burger King lança Rebel Whopper, seu novo lanche vegetariano
Entrevero no arado fica delicioso
18 de maio é o Dia Nacional da Coxinha. Veja receita desta delícia
Piracanjuba lança creme de leite e leite condensado zero lactose
Cuidado com as calorias do prato feito
Sodiê dá desconto no bolo Gelado de Abacaxi em outubro
Prepare este delicioso bacalhau da Noruega de Páscoa
Crianças e adolescentes não podem trocar almoço ou jantar por lanche
Delicioso arroz de braga surgiu em Santos. Veja como fazer
Que tal uma coxinha com o osso da coxa do frango?
Kibon relança o Chantibon, agora como sorvete

SABOR DA CIDADE

Contato
Telefone (15) 9-9113-2823
Email: redacao@sabordacidade.com.br

  


icone
REDES SOCIAIS
FACEBOOK