sabor da cidade

RECEITAS
bolos
doces
salgados
lanches
molhos
churrasco
saladas
vegetarianas
peixes
bebidas
minha receita

 
 
NOTÍCIAS


 
  

    HOME>>EDITORIAS>> NOTÍCIAS
Mais frutas e grãos
Crianças e adolescentes não podem trocar almoço ou jantar por lanche
Crianças não podem pular refeições e lanchar entre café da manhã e almoço e entre almoço e jantar, além de um outro lanche antes de dormir


08/01/2015  

O Novo Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, disponibiliza uma série de dicas para crianças e adolescentes em fase de crescimento. Segundo o documento, este grupo precisa fazer pequenas refeições ao longo do dia, além do café da manhã, almoço e jantar, que são as refeições principais. Isso porque, durante a fase de crescimento, o corpo precisa de mais nutrientes para se desenvolver bem.
Para fazer refeições pequenas saudáveis, a recomendação do Ministério da Saúde é incluir nos lanches diários frutas e grãos, evitar excesso de doces e salgados, refrigerantes, balas, e nunca trocar o almoço ou o jantar por um lanche.
O coordenador geral de nutrição e alimentação do Ministério da Saúde, Eduardo Fernandes, explica explica ser importante que a criança e o adolescente lanche entre o café da manhã e o almoço, entre o almoço e o jantar e mesmo antes de dormir. "No caso quando se está falando sobre as crianças em fase de crescimento é porque naturalmente aumenta a necessidade energética, dos nutrientes, e por isso precisa ter a dieta", explicou.
A aposentada de 69 anos, Maria Correntina Pereira, tem dois netos: um de 8 anos e outro de 11. Ela conta que os meninos gostam muito de verduras e frutas e sempre lancham na hora correta durante os intervalos das refeições principais do dia. "Já os meus aqui tomam café cedo, comem verdura, comem fruta, banana, maçã e são apaixonados por queijo, se alimentam bem. Durante o dia eles lancham de duas em duas horas e eles comem a quantidade certinha."
Eduardo Fernandes destaca ainda como deve ser feito cada lanche nos intervalos das refeições. "Se deve educar a criança para ela acompanhar as refeições da família, mas também ter uma regularidade na alimentação já incluindo os lanches entre as refeições. Por exemplo, entre o café da manhã e o almoço, um lanche, entre o almoço e o jantar, outro lanche, totalizando normalmente até 6 a 7 refeições", disse.
Substituir refeições saudáveis, pular as refeições ou comer muito numa única refeição prejudica a alimentação e também aumenta o risco de a criança e o adolescente engordarem e ficarem acima do peso.

 

Fonte - Portal Brasil
Foto - Secretaria de Estado da Educação (SP)/Divulgação

 
 

 

 RECEITAS SIMILARES:


MAIS ACESSADAS
Bolo leva arroz no lugar da farinha de trigo e é sem leite
Este pacu pode ser assado no forno ou na churrasqueira
Patê de frango com cenoura é ótimo no lanche de pão de forma
Bife de panela de pressão ao molho madeira é fácil de fazer
Tambaqui fica uma delícia assado e recheado com farofa
Salada colorida de ervilha fica deliciosa e é bem fácil
Veja como preparar uma saborosa batida de frutas
Rosquinha crocante fica pronta em 20 minutos
Este prato delicioso é com sardinhas em lata
Cocada de forno é fácil de fazer e fica deliciosa

 CONFIRA MAIS NA EDITORIA NOTÍCIAS:

Premiação
Queijo parmesão Piracanjuba vence concurso nacional
O queijo parmesão da Piracanjuba conquistou o primeiro lugar da categoria, na 41° edição do Concurso Nacional de Produtos Lácteos do Minas Láctea 2015.

Estimativa da ONU
Brasil será principal exportador de alimentos na próxima década
O Brasil será o principal exportador de alimentos na próxima década, confirme estima a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

Negócios
Brasil exporta menos carne bovina no primeiro semestre de 2015
As exportações de carne bovina do Brasil caíram 20% em receita e 16% em quantidade de toneladas embarcadas no primeiro semestre do ano, informou a Abrafrigo.

 

SABOR DA CIDADE

Contato
Telefone (15) 9-9113-2823
Email: redacao@sabordacidade.com.br

  


icone
REDES SOCIAIS
FACEBOOK