sabor da cidade
sabor da cidade

RECEITAS
bolos
doces
salgados
lanches
molhos
churrasco
saladas
vegetarianas
peixes
bebidas
minha receita

 
 
NOTÍCIAS


 
Visite Sabor da Cidade
no Google+
  
Custo maior
Preços dos alimentos elevam a inflação do ano para 6,41%
Preço da carne sobe mais de 22% no ano e pressiona a inflação

09/01/2015  

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou, nesta sexta-feira (9/1), que a inflação oficial do país, medida pela variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou 2014 em 6,41%. Em 2013, havia ficado em 5,91%. Já em dezembro, produtos e serviços subiram em média 0,78%.
Um dos motivos do aumento da inflação acima do esperado (a expectativa fixada era de 4,5% e o teto da meta do governo, de 6,5%), foi a pressão dos preços da alimentação e bebidas. Segundo o IBGE, no grupo dos alimentos, vários deles ficaram mais caros de novembro para dezembro, sobressaindo as carnes, 3,73% mais caras, e a refeição fora de casa que subiu 1,41%. O feijão com arroz, prato típico do brasileiro, também ficou mais caro. O feijão chegou a subir 9,26%, em média, enquanto o arroz ficou mais caro em 1,81%.
As despesas com Alimentação e Bebidas (8,03%) se encarregam de parte significativa do orçamento das famílias (24,86%) e os preços dos principais produtos consumidos aumentaram em todas as regiões pesquisadas, sobretudo em Goiânia, onde a alta foi de 10,69%, seguido do Rio de Janeiro, com 10,02%. Foi em Vitória, que ficou em 6,07%, onde os alimentos aumentaram menos.
Considerando somente os alimentos adquiridos para consumo em casa, a alta foi de 7,10%. Vários produtos ficaram mais caros de um ano para o outro, destacando-se a alta de 22,21% no item carnes, o mais elevado impacto individual no IPCA do ano, detendo 0,55%. A explicação para isso é a seca do ano passado, afetando os pastos.
Sobre os alimentos consumidos fora de casa, a taxa de crescimento foi maior, ficou em 9,79%. O item refeição fora, com aumento de 9,96%, se colocou no segundo lugar dos principais impactos, com 0,50%. Mas não foi só a refeição. A maioria dos itens relativos à alimentação fora aumentaram, com destaque para o cafezinho, doces, café da manhã, cerveja, refeição, refrigerante e lanche.
O IPCA mede a variação do custo de vida das famílias com chefes assalariados e com rendimento mensal compreendido entre um e 40 salários mínimos mensais. As pesquisas são feitas nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, de Porto Alegre, de Belo Horizonte, do Recife, de São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Curitiba, além de Brasília e do município de Goiânia.

Fonte - IBGE e Agência Brasil

 
 


 

 RECEITAS SIMILARES:


MAIS ACESSADAS
Bolo leva arroz no lugar da farinha de trigo e é sem leite
Patê de frango com cenoura é ótimo no lanche de pão de forma
Cocada de forno é fácil de fazer e fica deliciosa
Bife de panela de pressão ao molho madeira é fácil de fazer
Veja como preparar esta deliciosa coxa de peru assada
Este pacu pode ser assado no forno ou na churrasqueira
Veja como preparar uma saborosa batida de frutas
Salada colorida de ervilha fica deliciosa e é bem fácil
Faça suco de salsinha com abacaxi
Tambaqui fica uma delícia assado e recheado com farofa
 CONFIRA MAIS NA EDITORIA NOTÍCIAS:

Conscientização
Dia Mundial da Água, domingo (22/3), chama a atenção para uso consciente
Impossível imaginar a vida sem a água. Mas ela é um bem que dá mostras de que pode acabar e é necessário o uso com consciência por parte de todos.

Capital de Sergipe
Aracaju festeja 160 anos com forró e homenagem
Aracaju, a capital de Sergipe, completa 160 anos, nesta terça-feira (17/3). Com vasta gastronomia e belas praias, a cidade atrai turistas de todo o mundo.

A partir de abril
Pão de Açúcar leva chocolate belga Galler aos supermercados
O Pão de Açúcar vai ser o primeiro, do grande varejo, a comercializar chocolate belga no Brasil. As vendas vão começar em abril deste ano em 14 lojas.

 

SABOR DA CIDADE

Contato
Telefone (15) 9-9113-2823
Email: redacao@sabordacidade.com.br

  


icone
REDES SOCIAIS
FACEBOOK


GOOGLE +